Jerônimo comenta prisão de ex-ministro e acusa ACM Neto de se esconder do 'debate nacional'

Foto de Luiz Felipe Fernandez

Luiz Felipe Fernandez

Eleições 2022

22 de junho às 11h53

 | 

Foto: Vagner Souza/Salvador FM

Imagem de Jerônimo comenta prisão de ex-ministro e acusa ACM Neto de se esconder do 'debate nacional'

Pré-candidato ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT) comentou nesta quarta-feira (22) a prisão do ex-ministro da Educação do governo Bolsonaro, Milton Ribeiro, suspeito de envolvimento no escândalo de repasses de verbas do FNDE para municípios.

Em post no Twitter, o ex-secretário de Educação do estado lembrou os antecessores de Milton na pasta, como Abraham Weintraub, também alvo da PF, e de Carlos Decotelli, que nem chegou a assumir o cargo por mentir no currículo. 

Segundo Jerônimo, essa é a postura de Bolsonaro diante da educação do país, e acusou também o ex-prefeito ACM Neto, o seu principal adversário na briga pelo Palácio de Ondina, de se esconder do "debate nacional".

"Essa é a forma que o atual presidente trata a educação, mas o ex-prefeito de Salvador, por medo ou vergonha, mais uma vez se omite do debate nacional. Para ele, tanto faz quem vai ser o próximo presidente? Eu tenho lado, tenho muito orgulho de fazer parte do time de 
@LulaOficial", declarou Jerônimo, que afirmou aguardar que o caso seja devidamente apurado.