Luciana Buck cogita chapa 'puro sangue' e recebe apoio de Zema e figuras nacionais do Novo

Foto de Evilásio Júnior

Evilásio Júnior

Blog do Vila

07 de fevereiro de 2024 às 06h39

 | 

Foto: Pierre Valcacio, Luciana Buck e André Quadros | Divulgação

Imagem de Luciana Buck cogita chapa 'puro sangue' e recebe apoio de Zema e figuras nacionais do Novo

A pré-candidata do Novo à prefeitura da capital baiana, Luciana Buck, ainda não iniciou as discussões sobre quem ocupará o posto de vice em sua chapa. Em entrevista ao Portal Salvador FM, a professora universitária cogitou como mais plausível a hipótese de a legenda não fazer alianças para a eleição de outubro. 

"Não falamos de vice. Esse é um tópico que a gente ainda não avançou. Não somos fechados a coligações, mas a maior parte dos partidos que têm algum alinhamento ideológico com o Novo já estão aliados. Então, é possível que saia uma chapa puro sangue, como a gente chama, mas ainda não tem nada definido", afirmou.

Na semana passada, a sigla realizou a primeira reunião eleitoral deste ano, em que foram apresentados o novo presidente do Diretório Salvador, Pierre Valcacio, e as diretrizes da campanha. Ao contrário de 2020, quando lançou apenas um prefeiturável, em 2024 o partido vai disputar o comando de outros municípios baianos, além de Salvador. A prioridade são as mulheres, sobretudo na eleição proporcional.

"O presidente do Diretório Bahia, André Quadros, mostrou o crescimento do partido em nível nacional e na Bahia. Nós estamos com a perspectiva de sair com candidatos a prefeito em 13 cidades diferentes, o que é um recorde, porque é a primeira vez que a gente tem esse volume de cidades. Foram apresentados alguns dos pré-candidatos a vereador de Salvador, também as métricas e o objetivo de estar filiando principalmente candidaturas femininas, que é um desafio para todos os partidos. Enfim, foi uma apresentação de um cenário muito propício, muito positivo para o Novo na Bahia nessas eleições de 2024", salientou Luciana.

Reforço nacional – Para reforçar a sua empreitada, a pré-candidata recebeu ainda importantes apoios de figuras nacionais da agremiação. Entre elas o empresário e ex-presidenciável Luís Felipe D’Ávila, a deputada federal Adriana Ventura (SP) e o governador de Minas Gerais Romeu Zema. Em vídeo, o comandante do Palácio Tiradentes parabenizou o partido pela escolha de Luciana, desejou crescimento da legenda e se colocou à disposição dos correligionários.

"A cartilha do Novo prega gente competente, gente selecionada e não apadrinhados. A cartilha do Novo prega transparência. [...] Somos um partido que não é de conveniência. Independentemente da situação e da conjuntura nós temos um modo de agir. Infelizmente, no Brasil, a maioria dos partidos se verga de acordo com o vento e com situação. Nós temos a nossa maneira. Podemos até sofrer durante um período, mas a nossa coerência é sempre mantida e é o que eu sei que teremos em Salvador", exaltou o chefe do Executivo mineiro.

Além de Luciana Buck em Salvador, outra grande aposta do Novo é a candidatura do vereador Gabriel Bandarra (ex-Podemos), o Tenobio, em Lauro de Freitas.

Programas

Ver mais

Imagem de Salvador By Night

Salvador By Night

Marcelo Carvalho

Agora, às 00h00
Imagem de Amigos da Madrugada

Amigos da Madrugada

Depois, às 02h00
Imagem de Acorda Salvador

Acorda Salvador

Paulinho FP

Depois, às 04h00
Imagem de Bom Dia Salvador

Bom Dia Salvador

Jeffinho

Depois, às 07h00
Imagem de Bahia Notícias No Ar

Bahia Notícias No Ar

Rebeca Menezes e Maurício Leiro

Depois, às 12h00
Imagem de Tô na Salvador

Tô na Salvador

Ivis Macêdo

Depois, às 13h00
Imagem de Pipoco

Pipoco

Dinho Junior

Depois, às 16h00
Imagem de Pida! Music

Pida! Music

Léo Sampaio

Depois, às 18h00
Imagem de Fora do Plenário

Fora do Plenário

Juliana Nobre e Diego Vieira

Depois, às 19h00
Imagem de A Voz do Brasil

A Voz do Brasil

Depois, às 20h00
Imagem de Sofrência, Samba e Modão

Sofrência, Samba e Modão

Jota P

Depois, às 21h00
Logo da Rádio Salvador FM

Rádio Salvador FM