Galo minimiza tensão sobre vice de Geraldinho: 'PT demora um pouco, mas quando escolhe é para valer'

Foto de Evilásio Júnior

Evilásio Júnior

Blog do Vila

06 de fevereiro de 2024 às 06h55

 | 

Foto: Evilásio Júnior

Imagem de Galo minimiza tensão sobre vice de Geraldinho: 'PT demora um pouco, mas quando escolhe é para valer'

O clima de tensão no PT para indicar a vice de Geraldo Júnior (MDB) na disputa da capital baiana foi minimizado pelo deputado estadual Marcelino Galo, ex-presidente estadual da legenda, em conversa com o Portal Salvador FM

Enquanto seus correligionários demonstram insatisfação em participar da chapa encabeçada pelo emedebista e preferem que a escolha seja de outros partidos da base, ou mesmo questionam os nomes colocados, a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social Fabya Reis e o vereador Luiz Carlos Suíca, o parlamentar vê com naturalidade o ambiente que antecede a decisão.

'O comentário sobre aquela ou outra pessoa, isso é natural de qualquer processo de escolha. Onde há disputa política, se constrói. Tem enfrentamento, pois enfrentamento se dá de diversas formas. Infelizmente não devemos procurar desqualificar ninguém. O filiado partidário, o cara que pertence ao partido, é o direito dele de ser candidato e ele pode ser o que ele quiser. Então, o PT tem o seu tempo. Ele demora um pouco, mas quando escolhe, escolhe para valer. Isso a gente já devia ter aprendido, porque a história tem demonstrado isso. Então, é assim mesmo, as instâncias funcionam e o mais importante é isso, que há uma sincronização desse processo de forma democrática dentro do partido, e que se escolha o melhor nome", pontuou o petista. 

As principais críticas a Fabya são de que ela é de Itamaraju, não tem atuação nem base política em Salvador e é esposa do deputado federal Valmir Assunção, que seria o grande beneficiado com a escolha. Já Suíca, além de ser homem, foi alvo de processo de expulsão do partido há alguns anos e muitas vezes é visto como "aliado" do prefeito Bruno Reis (União Brasil).  

Entre os dois, Galo diz não ter um favorito. "Bom, o nome vai ser aquele que for escolhido pela instância partidária e nós vamos construir a pré-candidatura a partir desse nome. Mas a tradição é que a democracia dá conta", ponderou. Para ele, a sigla deve, sim, participar da eleição majoritária.

Programas

Ver mais

Imagem de Bom Dia Salvador

Bom Dia Salvador

Jeffinho

Agora, às 07h00
Imagem de Bahia Notícias No Ar

Bahia Notícias No Ar

Rebeca Menezes e Maurício Leiro

Depois, às 12h00
Imagem de Tô na Salvador

Tô na Salvador

Ivis Macêdo

Depois, às 13h00
Imagem de Pipoco

Pipoco

Dinho Junior

Depois, às 16h00
Imagem de Pida! Music

Pida! Music

Léo Sampaio

Depois, às 18h00
Imagem de Fora do Plenário

Fora do Plenário

Juliana Nobre e Diego Vieira

Depois, às 19h00
Imagem de A Voz do Brasil

A Voz do Brasil

Depois, às 20h00
Imagem de Sofrência, Samba e Modão

Sofrência, Samba e Modão

Jota P

Depois, às 21h00
Logo da Rádio Salvador FM

Rádio Salvador FM