Caetano revela qual o 'critério principal' para vice em Salvador: 'Geraldinho agora não está só'

Foto de Evilásio Júnior

Evilásio Júnior

Blog do Vila

06 de fevereiro de 2024 às 06h52

 | 

Foto: Evilásio Júnior

Imagem de Caetano revela qual o 'critério principal' para vice em Salvador: 'Geraldinho agora não está só'

Secretário estadual de Relações Institucionais, Luiz Caetano (PT) evitou falar de nomes e partidos para compor a chapa do vice-governador Geraldo Júnior (MDB) à Prefeitura de Salvador. Como articulador político do governo, ele preferiu opinar sobre o postulante e detalhar a estratégia do Conselho Político para vencer as eleições na capital baiana. 

"Geraldinho é um grande quadro. Quando Geraldinho veio com a chapa foi de uma importância fundamental. Aquele instante ali foi estratégico, foi importante para a Bahia, para Salvador e para o nosso grupo político, o nosso projeto político aqui na Bahia. Nós ganhamos a eleição, é bom lembrar, com Jerônimo e Geraldinho, o governador e o vice-governador. O Conselho Político, presidido pelo governador Jerônimo Rodrigues, fechou em torno do nome de Geraldinho. Agora é ajudar a compor a chapa. Geraldinho agora não está só. Não é o Geraldinho de um partido, do MDB, é o Geraldinho de todos os partidos, de toda a frente política e da sociedade. Então, nós precisamos nos juntar cada vez mais e indicar um vice ou uma vice para compor a chapa, para ajudar a montar o programa de governo e ajudar Geraldinho a fazer a campanha de Salvador para ganhar as eleições e mudar a realidade de Salvador. Melhorar o turismo, melhorar a economia local, melhorar o transporte público em Salvador, melhorar o social e, acima de tudo, melhorar a saúde e a educação, porque boa parte dela é feita pelo governo do Estado, não é feita pela Prefeitura de Salvador", provocou, em entrevista ao Portal Salvador FM

Especificamente sobre quem deveria ser a companhia ideal, o titular da Serin preferiu não endossar se o seu partido deveria ou não fazer a indicação. "Eu não estou aqui como petista, eu estou como secretário. Isso fica difícil de falar. Eu acho que é buscar um acordo de todo mundo para ver quem é a melhor vice ou o melhor vice, que mais soma, que mais acrescenta para ajudar Geraldinho e ajudar todos nós a ganhar as eleições de Salvador. Esse que é o critério principal", salientou. 

Em relação ao seu próprio futuro eleitoral, de disputar novamente a Prefeitura de Camaçari, Caetano também não estimou uma data para deixar a Governadoria a fim de ingressar na campanha. "Aí tem que falar com o governador. Ele é o líder que manda, e eu tenho juízo. Tenho que ouvir o meu comandante, o meu líder, que é o Jerônimo Rodrigues. Ele é quem vai dizer", preservou-se. 

Luiz Caetano foi prefeito da cidade metropolitana em duas oportunidades, de 1985 a 1988, ainda pelo PMDB, e de 2005 a 2012, já no PT, quando venceu duas eleições consecutivas. O seu grupo político não comanda o município desde 2017, quando assumiu o atual gestor Antônio Elinaldo (União Brasil), que não poderá concorrer à reeleição.

Programas

Ver mais

Imagem de Amigos da Madrugada

Amigos da Madrugada

Agora, às 02h00
Imagem de Acorda Salvador

Acorda Salvador

Paulinho FP

Depois, às 04h00
Imagem de Bom Dia Salvador

Bom Dia Salvador

Jeffinho

Depois, às 07h00
Imagem de Bahia Notícias No Ar

Bahia Notícias No Ar

Rebeca Menezes e Maurício Leiro

Depois, às 12h00
Imagem de Tô na Salvador

Tô na Salvador

Ivis Macêdo

Depois, às 13h00
Imagem de Pipoco

Pipoco

Dinho Junior

Depois, às 16h00
Imagem de Pida! Music

Pida! Music

Léo Sampaio

Depois, às 18h00
Imagem de Fora do Plenário

Fora do Plenário

Juliana Nobre e Diego Vieira

Depois, às 19h00
Imagem de A Voz do Brasil

A Voz do Brasil

Depois, às 20h00
Imagem de Sofrência, Samba e Modão

Sofrência, Samba e Modão

Jota P

Depois, às 21h00
Logo da Rádio Salvador FM

Rádio Salvador FM