Sucom derruba restaurante no Itaigara e dono questiona: por que o colégio pode?

Foto de null

Salvador

21 de dezembro de 2016 às 07h36

 | 

Foto: 

Imagem de Sucom derruba restaurante no Itaigara e dono questiona: por que o colégio pode?

Uma ação de prepostos da Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom), realizada na manhã desta terça-feira (20), foi responsável pela derrubada do restaurante Tiagão Lanches, na rua Reitor Macedo Costa, no Itaigara, em Salvador. De acordo com o proprietário do estabelecimento, Raimundo Roberto da Cruz, de 60 anos, o comércio está no local há cerca de 40 anos, com alvará e impostos em dia com a prefeitura. 
 
"Estão carregando tudo que está dentro e nem sei para onde. Só de ar-condicionado tem cerca de R$ 100 mil", disse ao Bocão News, enquanto via os funcionários da pasta retirar todos os equipamentos do restaurante. 
 
Também no local, o filho do empresário, Cristiano Falcão da Cruz, 39, revelou que a justificativa dos Sucom aponta para a construção em área verde. No entanto, Cristiano questionou o fato do colégio Sartre/COC, vizinho do Tiagão Lanches, não ser penalizado. "Por que o colégio pode? Porque é colégio de classe alta e tem gente grande envolvida?", indagou. 

Ainda segundo os proprietários, o IPTU do imóvel custa cerca de R$ 10 mil, devidamente pago. Exibindo a placa de Alvará de Reparos Gerais, emitido pela Sucom, Raimundo Roberto ainda questionou o autorização concedida em 2014 mediante pagamento de tributo: "Se era para derrubar, se está irregular por ser área verde, por que permitiram a reforma?". Segundo ele, somando estabelecimento, equipamentos e produtos, o prejuízo é estimado em R$ 10 milhões.
 
No interior do estabelecimento já vazio, o preposto responsável pela ação foi incisivo: "A ordem é derrubar". Do lado de fora, equipes da Guarda Municipal acompanhavam o trabalho. Caminhões e caçambas da Superintendência de Conservação e Obras Públicas do Salvador (Sucop) transportavam o material.  

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Sucom, a ação foi realizada no estabelecimento por se tratar de uma barraca, que ao longo dos anos foi ampliada em área pública. Sobre o questionamento referente ao colégio particular, a pasta esclareceu que o imóvel vizinho faz parte de um terreno particular. 

Fonte: Bocão News
 

Programas

Ver mais

Imagem de Bom Dia Salvador

Bom Dia Salvador

Jeffinho

Agora, às 07h00
Imagem de Bahia Notícias No Ar

Bahia Notícias No Ar

Rebeca Menezes e Maurício Leiro

Depois, às 12h00
Imagem de Tô na Salvador

Tô na Salvador

Ivis Macêdo

Depois, às 13h00
Imagem de Pipoco

Pipoco

Dinho Junior

Depois, às 16h00
Imagem de Pida! Music

Pida! Music

Léo Sampaio

Depois, às 18h00
Imagem de Fora do Plenário

Fora do Plenário

Juliana Nobre e Diego Vieira

Depois, às 19h00
Imagem de A Voz do Brasil

A Voz do Brasil

Depois, às 20h00
Imagem de Sofrência, Samba e Modão

Sofrência, Samba e Modão

Jota P

Depois, às 21h00
Logo da Rádio Salvador FM

Rádio Salvador FM