Senado aprova projeto que restringe saídas temporárias de presos

Foto de Redação Salvador FM

Redação Salvador FM

Política

21 de fevereiro de 2024 às 07h58

 | 

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Imagem de Senado aprova projeto que restringe saídas temporárias de presos

O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (20) um projeto de lei que propõe o fim das saídas temporárias de presos em feriados e datas comemorativas. Entretanto, a matéria preserva a autorização para que detentos em regime semiaberto possam continuar seus estudos fora do ambiente prisional. 

A aprovação contou com 62 votos a favor e dois contrários, dos senadores Cid Gomes (PSB-CE) e Rogério Carvalho (PT-SE). Com modificações realizadas pelos senadores, o projeto retornará à Câmara dos Deputados, que o havia aprovado em 2022.

Atualmente, a legislação permite saídas temporárias, conhecidas como "saidinhas", para condenados em regime semiaberto, que podem deixar a prisão até cinco vezes ao ano para visitar a família em feriados, estudar ou participar de atividades de ressocialização.

O relator do projeto no Senado, Flávio Bolsonaro (PL-RJ), justificou a proposta alegando casos recorrentes de presos detidos que cometem infrações penais durante essas saídas. Segundo o senador, ao permitir que presos não totalmente reintegrados à sociedade se beneficiem das saídas temporárias, o Poder Público coloca a população em risco.

O projeto também inclui a exigência de exame criminológico para a progressão de regime de condenados, condicionando o benefício à "boa conduta carcerária" e aos resultados desse exame.

Por meio de uma emenda apresentada pelo senador Sergio Moro (União Brasil-PR) na Comissão de Segurança Pública, fica autorizada a saída de presos para frequentar cursos profissionalizantes, de ensino médio ou superior. Não são contemplados por essa permissão os presos por crimes hediondos ou praticados com violência ou grave ameaça.

O projeto também estabelece regras para a monitorização de presos com o uso de tornozeleira eletrônica. O juiz poderá determinar a fiscalização eletrônica como requisito para o cumprimento de penas do regime aberto e semiaberto, bem como para presos com restrição de circulação pública e para estabelecer o livramento condicional.

A legislação resultante será intitulada "Lei Sargento PM Dias", em homenagem ao policial militar de Minas Gerais morto em janeiro deste ano durante uma perseguição, perpetrada por um beneficiário da saída temporária.

Quanto à posição do governo, o líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), liberou a bancada para votar, não havendo posição firmada sobre a possibilidade de veto. O líder do PT no Senado, Fabiano Contarato (PT-ES), manifestou apoio ao texto-base do projeto e liberou a bancada para a votação, mostrando-se contrário à saída temporária de presos.

Especialistas divergem sobre a medida, com alguns argumentando que a extinção do benefício não está relacionada à queda na criminalidade. Rafael Velasco, secretário Nacional de Políticas Penais (Senappen), destaca que a saída temporária é um benefício humanitário crucial para a reintegração progressiva do preso à sociedade. 

Já Marina Dias, diretora-executiva do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD), enfatiza a importância da saída temporária para o processo de ressocialização, permitindo a retomada da vida daqueles que estão prestes a concluir suas penas.

Programas

Ver mais

Imagem de Amigos da Madrugada

Amigos da Madrugada

Agora, às 02h00
Imagem de Acorda Salvador

Acorda Salvador

Paulinho FP

Depois, às 04h00
Imagem de Bom Dia Salvador

Bom Dia Salvador

Jeffinho

Depois, às 07h00
Imagem de Bahia Notícias No Ar

Bahia Notícias No Ar

Rebeca Menezes e Maurício Leiro

Depois, às 12h00
Imagem de Tô na Salvador

Tô na Salvador

Ivis Macêdo

Depois, às 13h00
Imagem de Pipoco

Pipoco

Dinho Junior

Depois, às 16h00
Imagem de Pida! Music

Pida! Music

Léo Sampaio

Depois, às 18h00
Imagem de Fora do Plenário

Fora do Plenário

Juliana Nobre e Diego Vieira

Depois, às 19h00
Imagem de A Voz do Brasil

A Voz do Brasil

Depois, às 20h00
Imagem de Sofrência, Samba e Modão

Sofrência, Samba e Modão

Jota P

Depois, às 21h00
Logo da Rádio Salvador FM

Rádio Salvador FM