Otto aposta em maior eleição 'de toda a história' para base aliada e diz que PSD 'não vai atropelar'

Foto de Evilásio Júnior

Evilásio Júnior

Blog do Vila

05 de fevereiro de 2024 às 06h34

 | 

Foto: Evilásio Júnior

Imagem de Otto aposta em maior eleição 'de toda a história' para base aliada e diz que PSD 'não vai atropelar'

Presidente do PSD na Bahia, o senador Otto Alencar preferiu não estimar o número de municípios que a sigla pretende vencer nas eleições deste ano. Embora seja a legenda com o maior número de prefeituras na base de apoio ao governador Jerônimo Rodrigues – 116 –, o discurso do parlamentar é de "união". 

"O nosso partido não vai atropelar absolutamente ninguém. Em 2024, os partidos aliados do governador Jerônimo vão ter uma maioria bem substancial, talvez a maior de toda a história da Bahia. Quando fecharem as urnas, eu creio que os partidos aliados do governador vão fazer uma quantidade de prefeitos que nunca foi feita", apostou o congressista, em entrevista ao Portal Salvador FM.

Para tanto, Otto revela fazer pesquisas internas constantantemente para avaliar a viabilidade das candidaturas. A partir dos levantamentos, os postulantes são convencidos a disputar ou abrir mão da cabeça de chapa em cidades onde outras siglas do grupo estiverem em melhores condições de vitória.

"Porque o pior sujeito da política é o cara que é vintém, como eu sou, e pensa que é milhão. Então, quando eu vejo que o cara não tem condição de concorrer, eu chamo ele: 'ó, faça uma composição, converse, veja se você pode entrar numa vice, se você pode ser candidato a vereador'. Então, hoje só vai cego para a política quem não quer fazer uma pesquisa da opinião. Nós temos o nosso instituto, dentro do PSD, e eu faço avaliações permanentes. Sei quem tem condição de viabilidade, sei também quem não tem", disse o senador. "Claro que durante o páreo ele pode se perder e não ganhar as eleições. Mas ele sai com possibilidade de ser virtual vencedor. Se tem um candidato que é do PCdoB, que é do PSB, que é do Partido dos Trabalhadores, que é do Avante, que é do Podemos, que é do Solidariedade, e está melhor do que você, eu chamo: 'vem cá, faça uma composição, converse, veja o que você pode fazer, porque não adianta você estar gastando energia numa campanha política que você sabe que vai ser um fracasso", completou. 

O dirigente disse ainda que dá "plantãozinho" na sede da agremiação para conversar com seus correligionários sobre todo o cenário eleitoral. Em relação a Salvador, o senador reafirmou que o PSD não vai pleitear a vice de Geraldo Júnior (MDB) e opinou que, em seu entendimento, a pessoa indicada "deveria sair da esquerda". 

Programas

Ver mais

Imagem de Bom Dia Salvador

Bom Dia Salvador

Jeffinho

Agora, às 07h00
Imagem de Bahia Notícias No Ar

Bahia Notícias No Ar

Rebeca Menezes e Maurício Leiro

Depois, às 12h00
Imagem de Tô na Salvador

Tô na Salvador

Ivis Macêdo

Depois, às 13h00
Imagem de Pipoco

Pipoco

Dinho Junior

Depois, às 16h00
Imagem de Pida! Music

Pida! Music

Léo Sampaio

Depois, às 18h00
Imagem de Fora do Plenário

Fora do Plenário

Juliana Nobre e Diego Vieira

Depois, às 19h00
Imagem de A Voz do Brasil

A Voz do Brasil

Depois, às 20h00
Imagem de Sofrência, Samba e Modão

Sofrência, Samba e Modão

Jota P

Depois, às 21h00
Logo da Rádio Salvador FM

Rádio Salvador FM