Uma semana após ignorar CNJ, direção da OAB-BA foi curtir Chapada, afirma ex-vice presidente

Foto de Redação Salvador FM

Redação Salvador FM

Política

31 de maio às 09h15

 | 

Foto: Reprodução / Instagram

Imagem de Uma semana após ignorar CNJ, direção da OAB-BA foi curtir Chapada, afirma ex-vice presidente

Ex-vice presidente da OAB-BA, Ana Patrícia Dantas Leão lamentou o descaso da atual gestão da Ordem na Bahia com a visita de membros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). De acordo com Ana, a presidente Daniela Borges não surpreende com as prioridades estabelecidas pela gestão.

Uma semana após a passagem do CNJ na Bahia, sem que a Ordem tenha aproveitado essa oportunidade, a atual gestão dedicou-se a “curtir um evento, que no momento não se reverte em qualquer benefício efetivo para a classe, na Chapada Diamantina”. 

“Bom, mas se a Ordem perdeu a oportunidade de buscar soluções para os gravíssimos  problemas que a advocacia vive no seu dia a dia, não abriu mão de patrocinar evento de nenhuma repercussão efetiva para a classe, que agoniza após dois sofridos anos de crise sanitária e fechamento dos fóruns”. 
Na última semana, a advocacia baiana assistiu pelas redes sociais o encontro no agradável frio da Chapada Diamantina, orgulhosamente promovido e patrocinado pela OAB-BA.  Quem vê isso se revolta, mas se cala. Não há o que fazer. Não há janelas para gritar. A quem serve esses encontros? Quais são as consequências práticas para a advocacia, em especial nesse momento pós-pandemia? Para essas perguntas, muitas podem ser as respostas, plausíveis ou não. Mas a pergunta que realmente não quer calar é: CNJ na BA e a OAB deitada em berço esplêndido?”, questionou. 

Ana Patrícia elencou ainda uma série de abordagens que poderiam ser feitas. “A OAB não se fez presente durante a inspeção, tendo, no entanto, de forma simbólica, participado da solenidade de abertura dos trabalhos. Nada além disso. Perdeu uma excelente oportunidade de acompanhar os representantes do CNJ aos Cartórios Integrados, às Varas de Fazenda Pública, à 2 Vara Cível de Lauro de Freitas para um diálogo com a magistrada titular, conhecida pelo habitual desrespeito à advocacia. Isso sim é perda de oportunidade. Teria sido um momento memorável”.

Programas

Ver mais

Imagem de Tô na Salvador

Tô na Salvador

Big John

Agora, às 13h00
29 de junho
Imagem de Das Antigas

Das Antigas

Big John

Depois, às 16h00
29 de junho
Imagem de Pipoco

Pipoco

Dinho Junior

Depois, às 17h00
29 de junho
Imagem de Larica Pop

Larica Pop

Gominho e Dinho Junior

Depois, às 19h00
29 de junho
Imagem de BN Na Bola - 2º tempo

BN Na Bola - 2º tempo

Emídio Pinto, Ulisses Gama e Glauber Guerra

Depois, às 20h00
29 de junho
Imagem de Sofrência e Modão

Sofrência e Modão

Jota P

Depois, às 22h00
29 de junho