Oito dias após ação popular movida por Ana Patrícia e Tourinho, TJ-BA vai reabrir Justiça na terça

Foto de Redação LDNotícias

Redação LDNotícias

Política

12 de novembro de 2021 às 11h59

 | 

Foto: Divulgação

Imagem de Oito dias após ação popular movida por Ana Patrícia e Tourinho, TJ-BA vai reabrir Justiça na terça

Pouco mais de uma semana após os advogados Ana Patrícia Dantas Leão e Carlos Tourinho ingressarem na Justiça contra o presidente do Tribunal de Justiça, Lourival Trindade, e o Estado da Bahia, o TJ-BA finalmente reabrirá suas portas para a advocacia baiana. 

Na próxima terça, após o feriado, o funcionamento em todas as dependências da Justiça baiana voltará ao normal. Com isso, advogados, partes, membros do Ministério Público, defensores públicos e estagiários, não precisarão mais fazer agendamento prévio para o atendimento.

Para Ana Patrícia, a decisão de retomada é acertada. "A Bahia clama por Justiça e a sensibilidade para atender esse clamor popular precisava aflorar em algum momento", disse. Tourinho destacou que a retomada tem que ser uma mudança de página também no próprio tribunal. "Torcemos para que a reabertura do TJ marque o início de uma nova etapa na relação institucional com a advocacia”.

Ana Patrícia reconhece que a decisão é fruto de um somatório de esforços de advogadas e advogados aguerridos que, independentes de ações institucionais, pediram, agiram e tiveram coragem de lutar em prol deste momento de retomada da justiça baiana.