Léo Naldi valoriza força do Vitória no Barradão: “Temos que voltar a fazer valer”

Foto de Vinícius Daniel

Vinícius Daniel

Esporte

14 de junho de 2024 às 17h50

 | 

Foto: Reprodução/TV Vitória

Imagem de Léo Naldi valoriza força do Vitória no Barradão: “Temos que voltar a fazer valer”

Sem vencer em casa há cinco jogos, o Vitória quer retomar os bons momentos que já viveu ao lado da torcida Rubro-Negra no Barradão. Nesta sexta-feira (14), o volante Léo Naldi concedeu entrevista coletiva e falou sobre a importância de voltar a ter força como mandante.

A virada de chave já pode ser no próximo domingo (16), quando o Vitória recebe o Internacional, no Barradão, em partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Léo Naldi aposta no poder do mando de campo para quebrar a má fase do clube e deixar a lanterna do campeonato.

“Sabemos que a força dentro de casa é muito importante no campeonato. No Baiano a gente conseguiu ganhar e fazer os pontos. A dificuldade no Brasileiro, claro que é muito maior, mas neste domingo nós vamos voltar a fazer valer o mando de campo ganhando os jogos, jogando com vontade para dar alegria para a torcida”, reforça o volante.

Nas últimas duas partidas, nos empates contra o Cuiabá e Juventude, Léo Naldi entrou no 2º tempo e atuou como primeiro volante. Porém, o jogador pode cumprir outras funções do meio-campo. A última vez que ele começou de titular foi no dia 21 de abril, no empate por 2 a 2 com o Bahia, pela 3ª rodada do Brasileirão. Ao todo, o jogador já disputou nove partidas pelo Colossal.

"Fico feliz de poder atuar em mais posições. Onde o professor precisar de mim eu vou jogar e dar meu melhor, mas a posição de volante é a que eu jogo desde pequeno, é a que eu me sinto melhor", explica Naldi.

O Vitória ainda não venceu neste Brasileirão. O time não sabe o que é vencer há 11 jogos. A última vitória do clube foi no dia 31 de março, quando aplicou 3 a 2 no Bahia, pelo jogo de ida da final do estadual. Apesar dos empates nos últimos dois jogos, Léo Naldi enxerga uma evolução no time comandado por Thiago Carpini.

“A atuação também é importante. Jogar bem passa confiança, é isso que estava falando um pouco. A gente se cobrava internamente, e agora, com boas atuações, fica mais perto de ter o resultado que a gente espera”, analisa o jogador.
 

Logo da Rádio Salvador FM

Rádio Salvador FM